Fale com um consultor: (62)3995-3938

Green Coffee


 

GREEN COFFEE

Suplemento Alimentar em Cápsulas

Contém Café Verde, Graviola, Inulina e Vitamina C

– 100% Vegano

– 100% Natural

– 90 Cápsulas de 500 mg

– Peso Líquido 45 g
 

INGREDIENTES
 


 

INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS
 


 

INGESTÃO RECOMENDADA
 

Ingerir 2 cápsulas ao dia ou conforme orientação médica.
 

PRINCIPAIS BENEFICIOS
 

  • Auxilia na perda de peso;
  • Auxilia na queima de gordura;
  • Termogênico;
  • Antioxidante;
  • Acelera o metabolismo;
  • Diminui a pressão arterial;
  • Ajuda a prevenir e controlar doenças cardíacas;
  • Auxilia na prevenção do envelhecimento da pele;
  • Ajuda a controlar o diabetes;
  • Garante um metabolismo saudável;
  • Auxilia no combate ao câncer;
     

VITAMINA C
 

A Vitamina C é um antioxidante que auxilia na proteção dos danos causados pelos radicais livres. Auxilia na absorção de ferro dos alimentos. Auxilia no funcionamento do sistema imune.

 

GRAVIOLA

 

Benéfica na atuação contra o câncer

Recentemente, a graviola tem ganhado notoriedade por apresentar expressiva atividade anticancerígena. Pesquisas com cultura de células e camundongos demonstraram que o extrato da planta foi eficaz contra 12 tipos de câncer, incluindo o de cólon, mama, próstata, pulmão e pâncreas. Acredita-se que as substâncias com atividade antitumoral sejam as acetogeninas, compostos encontrados apenas nas Anonáceas, família a que pertence a graviola.

O extrato da fruta, semente e folhas foi capaz de matar células cancerosas até 10.000 vezes mais do que medicamentos utilizados na quimioterapia, por impedir que essa células produzam a energia que necessitam para crescerem e se multiplicarem. Entretanto, estudos em humanos ainda devem ser realizados para verificar sua segurança e comprovar a eficácia como medicamento.

Ajuda a controlar o peso

A presença de alto teor de fibras faz com que a graviola possa ser uma aliada no controle do peso. Isso porque as fibras retêm água no interior do trato gastrointestinal, levando a uma maior sensação de saciedade por mais tempo em relação a refeições sem fibras. Isso ajuda a reduzir a fome e a controlar a quantidade de calorias ingerida, contribuindo para dietas de baixa caloria. Além disso, se ingerida com outros alimentos, as fibras ajudam a reduzir o índice glicêmico da refeição como um todo, o que ajuda a evitar o acúmulo da glicose sanguínea como gorduras.

O índice glicêmico da graviola é 32, considerado bastante baixo, porém ela deve ser consumida com moderação uma vez que uma unidade da fruta pesa em média 1 a 4kg e cada 100g possui 16g de carboidratos. Isto significa uma grande quantidade de açúcares, e consequentemente calorias, por unidade, o que pode afetar o balanço calórico diário ideal, levando ao ganho de peso. Certamente que a pessoa não comerá uma fruta inteira, mas a tendência é comer uma quantidade grande e dessa forma estará consumindo mais calorias.

Músculos fortes e proteção contra cãibras

A graviola apresenta consideráveis níveis de potássio, um micronutriente extremamente importante nos mecanismos bioquímicos de transmissão dos impulsos nervosos e da contração muscular. Níveis adequados de potássio permitem uma melhor eficiência na contração dos músculos esqueléticos, o que é fundamental na prática de atividades físicas, como musculação, corrida, etc, melhorando o desempenho e evitando fadiga e cãibras.

O potássio também garante a saúde do sistema cardiovascular, uma vez que o coração, artérias e veias também são formados por tecido muscular. Assim, a graviola é usada também como auxiliar no tratamento da hipertensão arterial.

Ossos saudáveis

A graviola é fonte de cálcio e fósforo, essenciais na formação e manutenção dos ossos, evitando e auxiliando no tratamento da osteoporose. Além disso fornece também zinco, que é um cofator da vitamina D e trabalha permitindo a ação dessa vitamina na fixação do cálcio e outros minerais para formação de tecido ósseo.

Diurético natural

A graviola é rica em água, mais de 82% do peso da fruta é composto por água, o que, aliado à presença de sais minerais como magnésio e potássio, ajuda na eliminação de líquidos. Assim seu suco é uma excelente fonte de hidratação e pode auxiliar pessoas que têm dificuldade em tomar as quantidades recomendadas de água diariamente. O efeito diurético elimina o excesso de água retido no corpo, reduzindo peso e medidas. A presença de magnésio também pode ser especialmente benéfica no alívio do inchaço pré-menstrual, pois ajuda a aliviar os sintomas dessa fase do ciclo menstrual.


Anti-inflamatório e antimicrobiano naturais

Estudos científicos demonstraram a ação do extrato de graviola como agente anti-inflamatório e antimicrobiano. Ele foi eficaz contra um grande número de bactérias, e já é utilizado como auxiliar no tratamento de doenças como febre, pneumonia, diarreias bacterianas, infecções urinárias e até mesmo infecções de pele. Demonstrou ter ação também contra o vírus dos herpes, espécies de Leishmânia, causadoras de leishmaniose e Tripanossoma cruzi, causador da doença de Chagas.

Sua atividade analgésica e anti-inflamatória também foi identificada por pesquisadores da Universidade Federal de Juiz de Fora em estudo publicado em 2010. Extratos das folhas da graviola demonstraram reduzir a dor e inflamação em modelos animais.

Entretanto, mais estudos são necessários para garantir a segurança dessa aplicação para os seres humanos.

Pele mais jovem e bonita

A vitamina C e outros agentes antioxidantes encontrados na graviola, como polifenóis, saponinas e flavonoides, auxiliam na hidratação e prevenção do envelhecimento precoce da pele. Eles agem eliminando radicais livres e, no caso da vitamina C, estimulando também a produção de colágeno e elastina, essenciais para uma pele saudável e livre de manchas e dos sinais da idade.

Além disso seus efeitos anti-inflamatórios e antibacterianos auxiliam também no tratamento da acne e na cicatrização de ferimentos.

Calmante natural

Poucas pessoas conhecem os benefícios da graviola como calmante. A graviola é rica em triptofano, que está presente também na casca, folhas e raízes da planta. O triptofano é um aminoácido essencial utilizado na síntese do neurotransmissor serotonina e do hormônio melatonina, ambos estreitamente ligados ao controle do humor e do sono. Os neurônios produzem serotonina utilizando, além do triptofano, vitamina B3 (também conhecida como niacina) e magnésio, ambos também presentes na graviola.

Pesquisas têm demonstrado que a serotonina é um neurotransmissor de importância central na depressão, e a suplementação com triptofano já vem sendo utilizada como estratégia terapêutica em pacientes com essa doença. Baixos níveis de melatonina levam à insônia, irritabilidade e estresse.

Assim, a graviola pode auxiliar na manutenção de níveis adequados de triptofano, vitamina B3 e magnésio e consequentemente de serotonina e melatonina, atuando como um calmante natural e ajudando a prevenir quadros de depressão, ansiedade e hiperatividade.

 

CAFÉ VERDE

 

O extrato de café verde (Coffea arábica L.) é feito com o grão do café (o mesmo que estamos acostumados a consumir torrado), antes de amadurecer. Dessa forma, o extrato de café verde mantém seus nutrientes, sendo mais eficiente no emagrecimento. O café verde contém duas vezes mais cafeína do que o grão de café torrado, além de ser rico em ácido clorogênico.

Por ser uma fonte natural de cafeína, o café verde pode ajudar no emagrecimento, já que tem efeito termogênico. A cafeína disponibiliza maior quantidade de gordura para ser queimada e gera energia. Assim, o café verde acelera o metabolismo, acelerando, também, a queima de gorduras. O café verde ainda contém grande quantidade de ácido clorogênico, uma substância que dificulta a absorção de gorduras e estimula sua queima.

Além de ajudar na perda de peso, o café verde traz outros benefícios para a saúde, já que tem ação antioxidante, auxilia na prevenção do envelhecimento da pele e contribui com a saúde cardiovascular.

 

INULINA

 

A Inulina é um tipo de fibra solúvel derivada de uma série de plantas. As plantas produzem a Inulina naturalmente, que vem sendo muito utilizada em forma de suplemento. Embora a Inulina não seja absorvida pelo nosso intestino, sendo ela um prebiótico, ajuda a nutrir bactérias benéficas existentes no nosso organismo e a trazer diversos benefícios para o nosso corpo. Essas bactérias benéficas ajudam a regular o intestino e fortalecer o sistema imunológico.

Quando a fibra chega nos intestinos, ela se mistura com a água. Sendo a inulina uma fibra solúvel, essas fibras fermentam e se transformam em comida para as bactérias benéficas que já habitam o nosso intestino grosso.

Essas bactérias são do tipo Lactobacillus ou bifidobacterium. Alimentando-as, elas lutarão pelo seu espaço impedindo que outras bactérias nocivas se criem ali, como por exemplo, a bactéria E.Coli, que provoca infecções do trato urinário e outras doenças, e combatem fungos como a cândida. Descubra mais, lendo as informações a seguir.